INCÊNDIO NO IRÃ – o alerta ignorado

Incêndio no Plasco Building, no Irã, deixa 30 bombeiros mortos e dezenas de feridos.
2017-01-19t151844z_1096117196_rc12f8440280_rtrmadp_3_iran-building-e1484903331101
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Relatos de incêndios costumam ser perturbadores, principalmente quando há vítimas. No caso do incêndio de um edifício comercial de 17 andares, no Teerã, as vítimas fatais foram cerca de 30 bombeiros da equipe que trabalhava no local para conter as chamas quando o prédio desabou. A TV pública iraniana transmitia as imagens do fogo ao vivo quando houve o desastre.

O incêndio aconteceu no imóvel chamado Plasco Building, construído em 1962, que abrigava um centro comercial e vários ateliês têxteis. De acordo com o chefe dos serviços de emergência, Pir Hossein Koolivand, além das vítimas fatais, ao menos 70 pessoas ficaram feridas. O fogo começou no nono andar e se propagou até o décimo quinto. Os bombeiros demoraram cerca de quatro horas para controlar as chamas.

A origem do incêndio ainda não foi descoberta. Mas o descontrole e a velocidade com que o fogo se alastrou podem ter sido causados por um costume perigoso dos comerciantes locais. Segundo Jalal Maleki, porta-voz dos bombeiros, era comum os empresários do local armazenarem grandes quantidades de roupas nas escadas de emergência do prédio. Os responsáveis do edifício foram advertidos incontáveis vezes que essa atitude contrariava todas as normas de segurança.

As agências internacionais divulgaram que a polícia evacuou o bairro, por medo de haver explosões que poderiam ser provocadas por possíveis vazamentos de gás. A corporação teve que conter também alguns comerciantes que tentavam voltar para salvar suas mercadorias.

Será que essa tragédia teria acontecido se as normas de segurança tivessem sido respeitadas e se os alertas dados pelos bombeiros, quanto à fragilidade do prédio e a inadequação da forma de se estocar produtos, tivessem sido ouvidos? Essa pergunta vale para reflexão, pois nunca saberemos quando um incêndio pode acontecer.

Se você tem dúvidas relacionadas à segurança da sua moradia ou local de trabalho, não sabe se esses locais possuem o plano de emergência para o abandono em caso de chamas, que todo edifício deve ter, procure empresas especializadas, como a Focus Resgate, e contrate uma vistoria. A prevenção sempre será a melhor alternativa para a preservação da vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Estudo: trabalho X saúde

Uma pesquisa foi desenvolvida por pesquisadores de algumas universidades da Coréia do Sul. Buscava identificar a associação entre a idade, o tipo de trabalho que

Leia mais